Transcender e Transformar: Diálogos para a Gestão de Conflitos

Vivenciar conflitos em quaisquer espaços, sejam eles familiares, de lazer, nos trabalhos e relações cotidianas, sempre tem provocado reações diferenciadas. Existem pessoas que evitam o confronto e que, aparentemente, concordam com as decisões e com as opiniões alheias. Outras estão sempre prontas para uma discussão, porque nunca concordam com seus colegas ou parentes, porque seus objetivos são contraditórios ou porque afirmam que não simpatizam com o interlocutor. Nesses espaços, aparecem também aqueles que sempre tentam conciliar as partes que discordam e que não abrem mão de suas ideias. Os “conciliadores”, muitas vezes, consideram o consenso como a “resolução” pontual de uma discussão.
As dinâmicas explicitadas no parágrafo anterior revelam a recorrência de situações de conflitos, aparentes ou latentes, presentes naturalmente nos relacionamentos humanos. Esses conflitos podem ser utilizados como fundantes e serem desencadeadores de transformações que beneficiarão relacionamentos e estimularão diálogos. Entretanto, podem iniciar uma sequência de “soluções imediatas” sem a análise de padrões mais profundos presentes nos relacionamentos e sem a construção de uma estrutura que integre problemas pontuais e questões subjacentes (LEDERACH, 2012, p.23)
Neste contexto, pretende-se oferecer uma palestra que potencialize a necessidade de buscar novos caminhos para os conflitos em diferentes espaços domésticos e institucionais, construindo ferramentas para tratar do conteúdo, do contexto e da estrutura dos relacionamentos (LEDERACH, 2012, p. 24)
Portanto, as reflexões desencadeadas pela palestra apontarão para uma gestão de conflitos fundamentada no diálogo, objetivando a transformação. Nesta perspectiva, o papel da mediação é buscar nas tramas conflituais os recursos para mudanças construtivas importantes, sempre visualizando a compreensão mútua, a redução da violência e o aumento da justiça nas interações presenciais e nos problemas sociais mais amplos.
Desta forma, o Palestrante Samuel de Jesus Pereira, estudioso e pesquisador dos relacionamentos humanos, com destaque para a transformação de conflitos, assessora instituições variadas encaminhando reflexões sobre a perspectiva do potencial dialógico e transformador das relações entre sujeitos em contextos microestruturais e macroestruturais.

Referências Bibliográficas
GALTUNG, Johan. Transcender e Transformar: uma introdução ao trabalho de conflitos. São Paulo: Palas Athena, 2006
LEDERACH, John Paul. Transformação de Conflitos. São Paulo: Palas Athena, 2018